ACREDITAÇÃO/CERTIFICAÇÃO - SIM

 

O PRODUTO

Reestruturação gerencial e assistencial tendo como foco as premissas das normas de gestão da qualidade, abrangendo todos os setores da organização bem como os terceiros internalizados. É um método de gestão que integra as normas ACREDITAÇÃO ONA, ISO 9001, ISO 31000 e DIAS/NIAHO implantando a estruturação de controles nos processos administrativos assim como a melhoria continuada na qualidade, na segurança assistencial e no gerenciamento de riscos, preparando ao mesmo tempo a organização para Acreditação/Certificação.

 

• ACREDITAÇÃO ONA - Norma de gestão específica para organizações de saúde, desenvolvida pela Organização Nacional de Acreditação. A instituição pode ser Acreditada em Nível 1 (Acreditação), Nível 2 (Acreditação Plena) e Nível 3 (Acreditação com Excelência).

• ISO 9001 - Norma de gestão da qualidade para estruturação do controle dos processos com foco em resultados.

• ISO 31000 - Norma de gestão de riscos que se integra a outras normas de gestão da qualidade (ISO 9001 e ONA).

• DIAS/NIAHO - Norma internacional norte-americana específica para organizações de saúde, desenvolvida para melhorar os resultados dos hospitais com foco na segurança do paciente e gerenciamento dos riscos.

 

A instituição pode optar por implantar apenas uma norma ou mais de uma, de maneira integrada. Seja qual for o escopo do projeto, a metodologia de implantação permanece a mesma. Veja a seguir:

 

 

METODOLOGIA DE IMPLANTAÇÃO DO ACREDITAÇÃO/CERTIFICAÇÃO - SIM



O FATOR DE QUALIDADE

 

O índice de reajuste definido pela ANS (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - IPCA) para prestadores de serviços hospitalares é estratificado em três percentuais:

• O processo de acreditação configura como parâmetro máximo (105% do IPCA).

• A participação e cumprimento dos critérios estabelecidos nos projetos da ANS de indução da qualidade como parâmetro intermediário (100% do IPCA).

• Os hospitais que não possuem acreditação e não atenderem aos critérios definidos pela ANS serão classificados no parâmetro mínimo e receberão reajuste de apenas 85% do IPCA.

Referência: Fichas Técnicas e Nota técnica nº 34/DIDES - Indicadores do Fator de Qualidade

Sendo assim, a implantação da acreditação é um importante critério para que um hospital se enquadre nos termos do Fator de Qualidade, com nível máximo de reajuste.

 

 

AS FRENTES DE TRABALHO

 

A implantação do Sistema de Gestão Integrada da Qualidade deverá ocorrer em duas frentes simultâneas, integradas e complementares, através de projeto organizado em Capacitação e Consultoria, de acordo com o eixo estruturante e integrador que é o projeto de implantação.

 

  • FRENTE 1: Consultoria de Capacitação em Gestão Integrada da Qualidade

 A Capacitação em Programa de Gestão Integrada da Qualidade tem como objetivo realizar a qualificação das equipes gerenciais administrativas e assistencial na metodologia da Norma de Gestão, proporcionando condições teóricas para o desenvolvimento e implantação da Frente 2.

 

  • FRENTE 2: Consultoria Gerencial por ensino a distância

A Consultoria Gerencial consolidará todo aprendizado realizado no Curso de Capacitação de Gestão Integrada da Qualidade. Desta maneira a consultoria Gerencial (Frente 2) é essencial para o alcance da efetividade da implementação dos métodos gerenciais transmitidos no curso de capacitação. Neste formato o consultor será responsável por auxiliar na gestão de projeto e apoiar a equipe na elaboração das atividades dando suporte técnico à sua realização.

 

O curso utiliza uma metodologia do “DIY – Do It Yourself - Faça Você Mesmo”, que permite a equipe do hospital se capacitar para implantar os requisitos da acreditação e certificação ISSO 9001. O curso deverá envolver todos os participantes do projeto que são os responsáveis pelos diversos processos institucionais.

 

As tarefas do curso estão alinhadas com o projeto e são corrigidas pelos tutores, construindo, sob supervisão, os padrões da organização.

 

A grade curricular conta com as seguintes disciplinas:

  • Cenário e perspectivas do setor saúde: Brasil e o Mundo
  • A linguagem e os conceitos básicos de gestão da qualidade
  • O mapeamento de processos
  • Atendendo ao requisito legal
  • Outras ferramentas para a gestão do dia a dia: Técnicas de descrição de rotinas e estabelecimento de registro e Matriz de Registro
  • Estatística aplicada ao controle de processos
  • Desenvolvimento de indicadores para a gestão da qualidade
  • Planejamento estratégico e medidas de desempenho: Balanced Scorecard aplicado a serviços de saúde
  • Outras ferramentas para a gestão do dia a dia: Análise crítica do desempenho e identificação de causa raiz
  • Outras ferramentas para a gestão do dia a dia: Tratamento e controle de não conformidades
  • Acreditação pela Organização Nacional de Acreditação - Parte 1 - a lógica do método, os fundamentos em gestão em saúde e as dimensões da qualidade
  • Acreditação pela Organização Nacional de Acreditação - Parte 2 - seções, subseções, padrões e níveis
  • Requisitos específicos da ISO 9001
  • Gestão de riscos
  • Correspondência e integração entre os requisitos da acreditação ONA e certificação ISO 9001
  • Governança Clínica e Relatórios de Desempenho Assistencial
  • Gestão integrada de processo administrativo
  • Linha de Cuidado Assistencial
  • Auditorias internas do Sistema de Gestão da Qualidade

 

Este curso traz consigo toda a experiência do IAG Saúde em ensino a distância. O instituto já formou cerca de 400 pós-graduandos em Gestão da Qualidade em parceria com a Feluma (Fundação Educacional Lucas Machado – Faculdade de Ciências Médicas de Minas Gerais), e conta com cerca de dois mil profissionais de organizações de saúde sendo treinados por EAD em parceria com a Fundação Unimed.

 

 

BASE DO PROJETO: SISTEMA DE GESTÃO PADRÃO

 

A organização recebe o sistema de gestão “ideal”, dentro do SigQuali, ajustado à realidade da instituição, constituído de mapas de processos, rotinas, indicadores e matrizes de gestão de risco consideradas práticas “ouro” pelo IAG Saúde que servirão de base para estruturação do sistema de gestão da organização. Este conjunto de documentos acelera a implantação pela transferência estruturada do know how IAG Saúde de gestão acumulado em dezenas de projetos de Acreditação/Certificação em saúde.

 

 

DURAÇÃO DOS PASSOS DO PROJETO

 

O projeto possui 10 passos e duração total de 18 meses.

Cada passo tem duração de 8 semanas sendo 1 semana (40 horas), de consultoria presencial e 7 semanas (180 horas) de consultoria à distância.

 

Os passos são:

  • Passo 1 - Diagnóstico e Construção de Processos
  • Passo 2 - Construção de rotinas, controle de registros e planejamento para implementação dos requisitos ONA Nível 1
  • Passo 3 - Desenvolvimento dos mecanismos de medição dos processos (Indicadores)
  • Passo 4 - Análise crítica do desempenho com planejamento de ações de melhoria
  • Passo 5 – Gerenciamento de Risco
  • Passo 6 - Estruturação do Núcleo de Segurança do Paciente e Gestão de Eventos Adversos
  • Passo 7 - Gestão do Corpo Clínico
  • Passo 8 - Gestão de Mudanças e Medição da Satisfação dos Clientes Internos
  • Passo 9 - Construção do sistema de auditoria para melhoria contínua da gestão da qualidade
  • Passo 10 - Análise Crítica pela Alta Direção

 

 

SigQuali – Software Integrado de Gestão da Qualidade

Faz parte da metodologia a implementação um sistema de informação – o SigQuali, um software integrado de gestão da qualidade, desenvolvido pelo IAG para a área de saúde.

Como base para estruturação do projeto, a instituição recebe, já formatado no SigQuali, o sistema de gestão “ideal” compatível à sua realidade. Constitui-se de mapas de processos, rotinas, indicadores e matrizes de gestão de risco considerados como as melhores práticas de acordo com a experiência de mais de 20 anos do IAG Saúde.

 

Os módulos integrados são:

 

  • Indicadores: apresenta interface gráfica com linhas de tendência, que sinaliza com clareza o desempenho dos indicadores.
  • Análises Críticas: garante o registro da avaliação de desempenho acessível de maneira hierarquizada a todos os níveis da organização.
  • Planos de Ação e Projetos: uso de 5W2H para descrição de ações estratégicas e operacionais permitindo criação e acompanhamento de projetos, análise crítica da implantação e auditoria eletrônica da conclusão das etapas.
  • Não Conformidade: permite o relato e tratamento das não conformidades. Possui auditoria eletrônica que garante o monitoramento dos tempos das diversas etapas do processo.
  • Documentos: garante a segurança e o controle de documentos e registros com acesso hierarquizado de acordo com a organização, gerando automaticamente lista mestra e permitindo anexar arquivos de vídeo e som.
  • Estratégia e Painéis de Controle: com base na metodologia do Balanced Scorecard, possui painel de bordo para monitorar o desempenho da estratégia com impressão de gráficos e tabelas, e possibilita o desdobramento estratégico em toda a organização.
  • Mapa de Processos: estrutura o mapeamento e a integração de processos, alinhando indicadores de desempenho, estratégicos, requisitos de produtos e documentos. Pode desdobrar as estratégias nas diversas áreas da organização, estruturar linhas de cuidado e realizar gerenciamento de mudanças.
  • Gestão de Riscos: disponibiliza as ferramentas para a gestão dos riscos da instituição, com base na ISO 31000, tanto no processo quanto na estratégia, gerando uma matriz vinculada a indicadores, documentos e resultados de auditoria de controles. Novo!

 

Clique aqui para acessar o site do SigQuali.

 

 

BENEFÍCIOS

• Acreditação/certificação da organização sem riscos de não concluir o processo.

•  Sistema de gestão transparente pela auditoria externa independente.

• Baixo custo de implantação pela transferência estruturada do know how por quem tem experiência de mais de 20 anos em acreditação/certificação.

• Formalização de 100% dos processos através de padronização de documentos e procedimentos.

• O ensino a distância possibilita o contingenciamento de falhas e elimina a redundância de atividades;

• Melhoria dos resultados assistenciais e consequente redução dos custos da assistência.

• Redução de custos operacionais pelo redesenho de processos e seu controle por indicadores e auditoria.

• Majoração do faturamento pelo aumento de satisfação de clientes e da organização dos processos dos setores Faturamento e Comercial.

• Reconhecimento do mercado pela excelência da gestão organizacional, fortalecendo a marca.

• Aumento do envolvimento do corpo médico e funcional com as diretrizes da organização, melhorando o clima no ambiente de trabalho.

 



EXPERIÊNCIA COM O PRODUTO

O ACREDITAÇÃO/CERTIFICAÇÃO – SIM já foi ou está sendo implantado pelo IAG Saúde em:

Mais de 100 instituições,

obtendo 100% de êxito em auditorias externas.